Prémio Syngenta para Paulo Vieira

Paulo Vieira, Investigador do Laboratório de Nematologia (NemaLab) do ICAAM da Universidade de Évora (UÉ) foi galardoado com o prémio Syngenta, atribuído pela Society of Nematology dos EUA, juntamente com a companhia Syngenta.

O prémio vem destacar toda a investigação realizada pelo premiado ao longo da sua “jovem carreira”, atualmente focado “no estudo da interacção molecular/celular entre nematodes fitoparasitas e os seus hospedeiros, nomeadamente em estudos funcionais de nematodes endoparasitas migratórios.”

Como aluno de mestrado, Paulo Vieira, trabalhou na área da taxonomia do nemátodo da madeira do pinheiro, um patogénico altamente invasivo de florestas de pinheiros, dedicando-se ao estudo da diversidade molecular intraespecífica desses nematoides. Já no doutoramento na Université de Nice Sophia-Antipolis, França, o investigador dedicou-se ao estudo das interações entre células de plantas nematoides, integrando a equipa de investigadores que analisou os genes conhecidos de cellhydrolase identificados em várias espécies de nematóides parasitas de plantas, confirmando o papel de múltiplas transferências horizontais de genes e duplicações como vetores primários do parasitismo de plantas em nematoides.

Este prémio internacional destaca o percurso de jovens investigadores na área da Nematologia, um ramo da Ciência que estuda o mais numeroso grupo de animais (metazoários) do planeta, animais microscópicos (cerca de 1 mm) de forma alongada fusiforme, e que inclui cerca de 5 000 espécies parasitas das plantas”.

Published in 17.07.2019
Fonte: GabCom | UÉ